Precisamos convidar, ser chatos, e insistentes para que haja adesão nos movimentos sociais.

O Raul Hacker Club passou por uma crise interna seguida de reformulação comportamental recentemente, o coletivo não passava tanto por problemas financeiros e sim de adesão. O interesse das pessoas da cidade pelas atividades, ideologia e ativismo está muito longe do mínimo necessário para o espaço se sustentar.



Sempre as mesmas pessoas, nos mesmos lugares, puxando e pautando coisas; com baixa adesão. É importante salientar que quantidade não é qualidade, entretanto, puxar um evento para uma pessoa ou para zero pessoas, não é interessante; é preciso mudar.

Como esta não é uma postura somente na capital baiana, reflito através das Ciências Naturais para entender o porquê e invoco o comportamento conservador da natureza e a 1ª Lei de Newton como argumentos.

1ª Lei de Newton - Princípio da Inércia
"Um corpo em repouso tende a permanecer em repouso, e um corpo em movimento tende a permanecer em movimento."

Em outras palavras: as pessoas tendem a ficar em suas casas ou a cumprir seus itinerários padrões: casa-trabalho, casa-faculdade, casa-qualquer_coisa, para todo sempre. As pessoas se manterão na inércia, até alguma perturbação no sistema acontecer. Esta pertubação, de modo bem superficial, é gerada por dois tipos de motivações.

Motivação é interna: quando o evento é legal, num lugar conhecido e com pessoas conhecidas.
Motivação externa: quando alguém convida, chama, insiste e faz questão da presença da pessoa no lugar / evento / atividade.

Pessoas compartilham da experiência de terem sido convidadas eventos do quais não tinham muitas informações e acabaram gostando. Então, se iremos fazer ou participar de algum evento cujo possa existir interesse em outrem, devemos convidar todos e todas das quais a temática possa interessar.

Esperar que as pessoas saberão, quebrarão o estado de menor energia e irão para o evento, é ingenuidade. É preciso convidar, ser chato, insistir.

Se você vai puxar algum evento, procure as pessoas que possivelmente se interessariam pelo tema.

Não conhece a proposta do evento?

  1. Exponha a proposta do encontro
  2. Pergunte se pessoa iria para o seu evento
  3. Peça sugestões de formato

Após alguns feedbacks feche o formato, marque uma data (ou faça um Doodle), quando um mínimo de pessoas do seu círculo de contatos confirmar uma data / horário, divulgue para a comunidade. Isso fará com que haja o mínimo de pessoas necessárias para que o evento ocorra com qualidade e propósito.

Por que insistir?
Na natureza, todos os corpos apresentarão resistência ao saírem seu estado de equilíbrio, isto pode ser representado pela inércia, mas é algo muito mais profundo, vem do estado conservador da natureza. Esta característica também é vista na equação de Maxwell-Faraday:


As entidades de grupos político-partidários estudantis fazem da insistência uma prática, e geralmente há uma boa adesão, ao menos na administração, destes coletivos.

Se uma pedra se movimenta de uma certa altura até o chão, procura o estado de menor energia. A gota da chuva é uma esfera em movimento para se dispor no estado de menor energia, e, acredito,  que o mesmo acontece com o comportamento humano. Tudo no universo, de forma natural, acontece para alcançar o estado de menor energia, e a natureza, com seu estado conservador intrínseco, tende SEMPRE a se opor às mudanças. É preciso convidar, ser chato e insistente.

2 comentários: