Porradinha esportiva com regras, na Dinamarca.



Sabe o que é pior? mesmo me considerando um pacifista nato, por um milésimo de segundo, eu achei toda a violência super divertida e legal; me transportando pra lá num súbito estado de empatia com a carnificina.


Essa expurgação do ímpeto hormonal (e primitivo) masculino pesa viu, ô negocinho chato. Por isso que as mulheres são foda, elas não têm essa estupidez enraizada. (leia também: O papel da mulher no desenvolvimento da humanidade)


Viva ao UFC!
Viva às demonstrações chulas de violência!

Isso fez lembrar do Clube da Luta, filmaço.

-----------

Ratificando o contraponto de gênero, trago um estudo científico realizado pela PHD Nathalie Fontaine, que acompanhou 9 mil gêmeos (é muita criança) e concluiu que a sociedade pode até transformar uma boa garota em um monstrinho, mas a maioria dos homens já é meio valentão de fábrica mesmo.

As mulheres são foda porque estão livre, biologicamente, em sua maioria, desse peso desgraçado carregado por ser homem.

"Adrian Raine mostrou ainda que meninos têm, em média, áreas cerebrais ligadas à empatia com os outros menores do que as meninas, especialmente o córtex pré-frontal.

Isso poderia explicar por que há tão poucos homens em carreiras ligadas ao cuidado, como enfermagem ou pedagogia."

Ou seja, as mulheres são foda. Nós somos um bando de abestalhado metido a macho alfa.

Fontes:

http://www.psychologicalscience.org/index.php/publications/observer/2013/october-13/callous-unemotional-traits-in-children.html

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/885297-agressividade-e-natural-aos-meninos-e-pode-surgir-nas-meninas.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário