O Andar do Bêbado: um dos melhores livros que já li na vida.

Muitos meses se passaram, até que hoje, uma quinta-feira de carnaval, eu concluísse um dos melhores livros que já li na vida: O Andar do Bêbado - por Leonard Mlodinow.

Classifico-me como excessivamente lento ao ler determinadas obras. Entretanto esta, em particular, merece ser apreciada e digerida com a calma de quem usa o hashi pela primeira vez. Existe literatura para fazer rir, entreter, distrair, fazer viajar e refletir; O Andar do Bêbado consegue, de uma só vez, fazer tudo isso e mais um pouco.

Algumas anotações sobre aprendizados relevantes oriundos do livro :)
Não é um texto fácil, aliás, como todo livro que tem como principal objetivo trazer a ciência para nosso cotidiano. Os conceitos físicos, matemáticos e humanísticos são entrelaçados de uma maneira fenomenal, e complexa. A psicologia se torna indissociável das ciências naturais, assim como, verdades absolutas são implodidas com exemplos irrefutáveis extraídos de experimentações científicas.

É o segundo livro que leio do Leonard Mlodinow, o primeiro foi Subliminar - Como o Inconsciente Influencia Nossas Vidas, a experiência foi tão maestral, que comprei uns 15 exemplares e saí distribuindo para pessoas ao meu redor. (ainda devo uns 3 exemplares a amigos que prometi)

Com esta postagem, finalmente deixo registrado publicamente o quanto sou fã do autor, e também o quanto estas duas obras influenciaram minha vida, assim, já posso partir para o livro: De Primatas a Astronautas, do mesmo Mlodinow.

Mais anotações... (só selecionei o que julgava profundo: muita coisa)

Um comentário:

  1. Que massa, Man!!! Já tinha visto o livro "O andar do bêbado" nas livrarias, mas não dei tanta importância! Adorei sua crítica, agora quero ler os dois também, hahahahaha!!!

    Juliana

    ResponderExcluir